POSSO AJUDAR?

Um dos trabalhos mais chatos do mundo é o de vendedor de lojas de roupas ou calçados. É tão chato que você nunca viu uma criança dizendo, “Quando eu crescer quero ser vendedor na C&A”. Não existe nenhuma faculdade ou curso especial pra qualificar uma pessoa nesse trabalho, pra falar a verdade ele só serve pra você tirar um troco, até arrumar qualquer outro emprego.

O maior erro de quem entra em uma loja, apenas pra dar uma olhada, é olhar diretamente nos olhos do vendedor, o olhar é como se fosse um alerta pro vendedor ir lá te encher o saco. Vendedor tem mania de tentar te empurrar coisas que você não pediu, por exemplo:

– Olá, vocês tem calça preta?
– Não, acabou, mas temos essa bermuda laranja.

Ou a vendedora te apresenta o que você pediu, porém com um valor mais absurdo.

– Olá, vi essa calça jeans na vitrine por R$ 99,99.
– Qual o tamanho senhor?
– “G”
– Ahh, “G” não temos mais nesse modelo, mas temos essa outra calça aqui, super em conta (pro Eike Batista) por R$ 499,99.

Mas a coisa muda quando quem te atende é uma vendedora gostosa, ai a calça de R$ 499,99 parece uma pechincha. Você quer impressiona-la, a vendedora gostosa sabe que é gostosa e tem a manha de te elogiar, mesmo quando você esta provando uma roupa escrota.

“Nossa, você ficou ótimo com essa pochete, combina com seu crocs”.

Teve uma vez que eu entrei em uma loja e começamos um diálogo mais ou menos assim:

– Posso te ajudar em alguma coisa?
– Tem camiseta regata branca?
– Não, acabou.
– Tem bermuda tamanho “G”?
– Não, só tem “P” e “M”.
– Tem camisa xadrez?
– Não, só lisa.
– Ok, obrigado.

Apesar de não ter nada do que eu pedi, tava tudo bem até a hora que a vendedora soltou um:

– Posso tem ajudar em “MAIS” alguma coisa?

Porra, como assim “MAIS” alguma coisa?, a desgraçada não me ajudou em nada até agora. O correto seria “Desculpe senhor, nossa loja é uma merda, posso tentar te ajudar em outra coisa?”

Uma coisa que me chama a atenção é o manequim, pela vitrine você observa a roupa que ele esta vestindo, entra na loja, pede uma igual, prova e ela fica uma merda, não adianta se lamentar, a roupa sempre vai ficar melhor no manequim do que em você.

Tenho certeza que rola um certo preconceito entre os vendedores, geralmente quando a loja esta vazia eles ficam em uma rodinha conversando, assim que um cliente entra todos olham pra você, se não vierem pelo menos dois brigando pra te atender é por que provavelmente você tem cara de pobre e não vai levar nada.

Por outro lado tenho um pouco de pena dos vendedores, deve ser um saco você tirar as roupas do armarinho, tirar do plástico, desdobrar duzentas peças diferentes pro cliente dizer, “Não gostei, obrigado”, alias poucas pessoas tem coragem de dizer que não gostou, geralmente usamos o clássico, “Vou dar uma olhadinha por aí e ja volto”, achando que realmente os vendedores acreditam nessa conversa, devem ouvir centenas de vezes por dia a mesma coisa. O mesmo acontece em lojas de calçados quando o vendedor corre até o estoque, pega 30 pares de tênis pra você não levar nem uma meia.

Acho que o sonho de qualquer vendedor é ter a liberdade de dizer:

“Bom dia, se não tiver interesse em comprar nada, vaza que eu preciso de comissão”.

Anúncios

Um comentário sobre “POSSO AJUDAR?

  1. Pingback: O SHOPPING | PEQUENOS TEXTOS, PÉSSIMAS IDEIAS.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s