LIBERAÇÃO DAS ARMAS

liberacao-arma

NOTÍCIA: “Bolsonaro assina decreto que facilita a posse de armas de fogo no país”.

Facilita MAIS, a noticia quis dizer, né?. No Brasil é mais fácil comprar uma arma de fogo do que cancelar a NET.

Em breve o governo vai dar inicio ao novo projeto “minha arma, minha vida”. Uma cesta básica com arroz, feijão, macarrão e um calibre trinta e oito.

Tem gente que acha que vai ser fácil comprar uma arma. Acha que o negocio vai vender na padaria.

– Me vê duzentos gramas de queijo, duzentos de presunto, quatro pãezinhos e uma Glock.
– O troco pode ser em “bala”?

Mas é claro que nem todo mundo pode tirar o porte. Segundo a lei, a pessoa tem que ter mais de 25 anos, residencia fixa, sem antecedentes criminais e que não coloquem ketchup na pizza. Pessoas que colocam ketchup na pizza não deveriam nem vivem em sociedade.

“Ah, mas agora o bandido vai pensar duas vezes antes de invadir uma casa”.

Mano?! Os caras invadem delegacia pra roubar armas, não vai ser na casa do Seu Agenor que eles vão desistir.

“Ah, mas a posse de arma pode aumentar o risco de suicídio”.

Sim, a pessoa vai:

– Fazer um curso de tiro.
– Limpar o nome do SPC.
– Convencer o psicologo de que não é um suicida.
– Cuidar de toda documentação.
– Gastar uma puta grana na arma.

E aí, se matar.

Que trabalhão hein, amigo. Pular de um prédio sai bem mais em conta.

Vai ter também uma pequena limitação de quatro, sim, QUATRO armas por pessoa. Gente, eu não tenho nem quatro canetas em casa.

Quando a família tiver crianças e adolescentes em casa, deverá também ter um cofre para guardar as armas. Aí eu concordo muito. Todo mundo sabe que adolescente só faz merda. Adolescente pinga cachaça no olho pra dar barato, imagina o que não faria com uma arma.

– Amor, não deixa o Lukinha ir dormir na casa do Rafinha.
– Mas por que, o pai dele tem uma arma em casa?
– Não, muito pior.
– O que então?
– O pai dele usa pochete.
– Meu Deus!!

Pior que criança e adolescente só o adulto no trânsito. Todo adulto dentro do carro vira macho, imagina portanto uma arma. Vão sair distribuindo tiro.

Aliás, quando é necessário o uso da arma?

Na minha opinião você pode atirar em:

* Pessoas que andam devagar na calçada.
* Motorista que não da seta.
* Gente que chama bolacha de biscoito.
* Jogador de futebol que cobra escanteio curto.

Teve alguém que comparou uma arma de fogo com um liquidificador. Disse que o perigo de ter em casa é o mesmo. Imagina uma criança de dez anos pega o liquidificador escondido, poe na mochila, leva até a escola, entra na sala e ameaça fazer uma vitamina de banana pra todo mundo. Que  perigo.

Isso me lembra o perfume no avião, que também é proibido. Imagina que terrível um maluco em pleno voo, ameaçar deixar todo mundo cheiroso e perfumado.

Anúncios

PARALISIA DO SONO

night

MANO!!

Vocês já tiveram essa parada?

Eu tenho paralisia do sono desde os 15, 16 anos. No começo eu me cagava todo, e hoje em dia nada mudou porque todo mundo sabe que quanto mais velho, mais bunda mole a gente fica. O mais legal de tudo isso é que a paralisia do sono não tem cura, ou seja, cagão forever.

Pra quem não sabe do que se trata, paralisia do sono é quando você está dormindo (mas na verdade está acordado) e não consegue se mexer ou falar. Parece que tem algo ou alguém te segurando na cama. É desesperador. Você fica totalmente imóvel e só consegue mexer os olhos. É tipo ficar na estação da Sé as 18:00. Com a diferença de que na Sé, você não vê uns demônios, quer dizer, as vezes vê sim.

A paralisia do sono é bem diferente de outros sonos aflitivos como tentar bater em alguém e não conseguir, tentar correr e ficar dando passos em câmera lenta, sonhar que vai transar e broxar. Tá, esse ultimo eu gostaria muito que fosse apenas um sonho. Deixa pra lá.

Uma vez eu li que a paralisia do sono é mais comum em pessoas com um histórico de doença mental. Obrigado, pesquisa.

Uma vez um amigo me indicou no NETFLIX um documentário chamado “Nightmare”, que fala justamente sobre isso. Ele me disse que talvez ajudaria no meu problema e realmente ajudou, porque depois que eu assisti o documentário, nunca mais consegui dormir.

No documentário mostra uma galera que além de não conseguir se mexer, ainda vê uns demônios, espíritos ou coisas do tipo. Eu só vi um vulto uma vez quando consegui me mexer e me virei rápido. Outra coisa que vi uma vez (e no documentário também mostra) foram umas baratas e aranhas na parede. Teve uma outra vez que ouvi uma voz perguntando como eu estava, e ainda perguntou em inglês: “how you doing?”. Era só o que me faltava, a porra do demônio era o Joey Tribbiani da série “Friends”.

Alias, olha a pergunta que o cara me faz. Amigo, eu to sozinho em casa, são três da manhã, eu preciso acordar as cinco e meia pra trabalhar e não consigo me mexer ou falar. Como você acha que eu estou? Podia no mínimo ir até a cozinha e preparar meu café.

Já tiveram muitos relatos de pessoas que viram um ser de olhos vermelhos, parado no quarto, olhando pra pessoa deitada. Se fizesse uma rima eu poderia jurar que era o Marcelo D2.

No documentário diz que as vezes os demônios fazem sexo com as pessoas. Depois dessa informação eu nunca mais dormi de bruços. Agora para pra pensar. A paralisia do sono dura em média de quinze a trinta segundos. Os bichos tão com uma ejaculação precoce bem foda. Pô, ao invés de vir na minha casa encher o saco, vai na casa de um urologista e troca uma ideia com ele.

A unica vantagem de fazer sexo com o demônio é que quando acaba ele simplesmente vai embora. Ele não fica te abraçando e querendo conversar depois. Isso prova que todos os demônios são do sexo masculino. Ta, essa parte foi machista, mas é só brincadeira, ta bom? Piadoca, saca? Segue a vida.

Eu assisti o documentário pra saber se havia alguma solução para zerar ou amenizar o problema e a unica solução eu encontrei é que se você dormir com a luz acesa ou com a TV ligada, a paralisia não acontece. Mas aí fica a duvida, paralisia do sono ou mil reais a mais na conta de luz? Passar medo ou não pagar os boletos da Renner? Fica essa duvida aí.

Mas acho que essa historia de TV ligada é uma lenda. Uma vez eu acordei de manhãzinha, meio dormindo, meio acordado e eu juro por tudo o que é mais sagrado que eu vi o demônio na televisão. Era uma velha de aproximadamente cento e vinte anos. Tava fazendo o café da manhã enquanto conversava com um papagaio.

 

 

 

FILMES DE TERROR

terror

Férias da família, que maravilha!

Qual pode ser o destino? Disney? Dubai? Claro que não. O pai viu uma pechincha no TRIVAGO e decidiu passar as férias numa casa isolada no alto da montanha, no meio do nada. Tem uns clichês de filmes de terror que a gente nunca vai entender.

Se já não bastasse, ao chegar na casa ele recebe a noticia de que ali era um antigo cemitério indígena, e que oito pessoas foram assassinadas naquele local. Férias perfeitas, papai.

Aí a pessoa chega no quarto e tem uma boneca com uma puta cara de assassina sentada numa cadeira de balanço, que inclusive está balançando. O que ela pensa? “ah, foi o vento”. E fecha a janela (as vezes a janela nem está aberta).

Se tem uma boneca dessas no meu quarto eu deixo ela lá e durmo na sala.

A criança ta dormindo e do nada, vem alguma coisa e puxa ela pelos pés fazendo ela cair da cama. Ela conta para os pais e eles simplesmente ignoram. O pai entra no quarto e vê a filha flutuando. Ele se assusta, claro. Mas vai embora? Claro que não. Pobre é foda: “Paguei por cinco dias, não quero nem saber, vamos ficar até o final”.

Sem contar os barulhos. A pessoa ta dormindo e na madrugada, ouve uns barulhos vindo da sala. O que ela faz? Vai ver. Eu não sei vocês, mas eu moro sozinho. Se eu ouço uns barulhos estranhos eu fico na minha e começo a cantar uns louvores: “entra na minha caaasa, entra na minha vidaaa…”. Aliás se eu ouço uns barulhos, fico torcendo pra ser um assalto porque se for fantasma, fudeu!

Quando depois de muito tempo, a família decide fugir. Eles pegam o carro? Sim. O carro funciona? Claro que não. É impressionante como em todo filme de terror o carro nunca pega. Pode ser o modelo que for, do ano que for. Aí o que eles fazem? Saem correndo. Pela estrada? Claro que não. Vão pelo mato. Já repararam que 100% das vezes, alguém tropeça num galho durante a fuga? Machismos a parte, geralmente é uma mulher. Pode conferir, não fui eu quem escreveu os filmes.

Outra coisa que acontece. Ta rolando uma merda na casa. Bóra chamar a policia. O celular funciona? Claaaaaro que não. Nunca tem sinal de celular em filmes de terror. Deve ser tudo TIM essas porcarias. E quando tem, a pessoa deixa cair num bueiro e algo do tipo.

Uma velha sinistra toca a campainha e fala: “vocês tem que sair dessa casa”. Meia hora depois o cara fica sabendo que a mesma velha morreu assassinada há 30 anos. Ele vai embora? Obvio que não. Tudo normal. Se acontece comigo eu vou embora na hora, os velhos são sábios, a gente tem que respeitar.

Acho engraçado quando tem um fantasma atras da pessoa, ela entra no quarto, fecha e tranca a porta. O fantasma atravessa a parede, mas a porta, não.

E nos filmes da série “sexta feira 13”. A gente já sabe que adolescente é um pouco idiota, mas nessas séries eles se superam. É a mesma coisa que escrevi no começo. O adolescente pode ir pra balada, pode fazer festinha em casa, mas não, adolescente curte fazer uma festinha em casa abandonada. Aparentemente o Jason não curte adolescente que faz sexo e fuma maconha.

Outra, vocês já viram o Jason correr? Não. Ele é de boa, vai sempre caminhando. A pessoa corre, corre, corre, pega um carro, dirige 50 km, chega em casa e quem está lá na casa esperando? O próprio.

JULGAMENTO DO LULA

lula1

E por unanimidade os três desembargadores da oitava turma do tribunal regional federal da quarta região votaram em favor de manter e ampliar a pena de prisão do molusco nove dedos por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do tipréc, tipléx, tripé, chiclete, sei lá.

Acho engraçado o termo “oitava turma”. Parece a galerinha da escola.

“ô motorista, pode correr, a oitava turma não tem medo de morrer”

O engraçado é que os advogados recorreram a primeira sentença e a pena subiu de nove para doze anos. O Lula parece aqueles alunos que tiram nota oito, ai vão questionar a professora alegando que a nota está errada, e que seria um nove. Ai no fim a professora percebe outro erro e dimiui a nota para sete.

O Moro deve ter falado: “porra mano, falei pra você que nove anos tava de boa. Foi querer discutir, olha ai”.

Eu fiquei feliz com o aumento da pena, mas ao mesmo tempo, triste. Acabaram com a piada dos nove anos de prisão, um para cada dedo.

A gente fala dos Simpsons, mas desta vez a foi a turma do Bob Esponja quem previu a prisão do Lula.

DUUqARYX0AMYCmS

E quando o Lula pediu um intervalo para realizar um pequeno show de ilusionismo e entreter os juízes.

Lula-ilusion

E o discurso do Gebran que não acabava nunca? Demorou cerca de duas hora e meia. Parecia que ia ser de boa, coisa rápida, mas não. O discurso do Gebran parecia discurso de namorada:

– Você ta brava comigo?
– Não, to de boa.
– Sério mesmo? Você está estranha.
– Impressão sua. Estou bem.
– Certeza?
– Claro.
– Então ta bom.

(silêncio)

– Eu só acho engraçado que…. (e lá se vão duas horas e meia)

Imagina na hora de dar a sentença…

– Lula, você foi condenado a doze anos de prisão.
– Whisky doze anos?
– Não, Lula. Doze anos de cana.
– De que?
– CANA!!
– Aceito!

O ex jogador, Diego Maradona prestou todo apoio ao ex presidente. O Maradona não é um parâmetro porque só defende bosta. A outra bosta que ele defendeu foi a Argentina.

maradona-lula

Eu acho que tinha mais a ver ele ser amigo do Aécio. Se é que vocês me entendem.

Aproveitando a modinha, QUE TIRO FOI ESSE???

lula-queda

Ai a gente é obrigado a ler umas frases do tipo: “O Lula roubou mas ajudou o Brasil”.

É tipo um ladrão que rouba o seu carro mas te da uma carona pra casa.
Ou o cara rouba sua carteira mas te deixa um trocado pra tomar um refrigerante.

Depois da condenação o Lula pediu para, pelo menos, ficar com o apartamento. Mas ele não tinha dito que não era dele?

– Quero ficar com o apartamento.
– Mas você disse que não era seu.
– É sim.
– Se você assumir a pena sobe para vinte anos.
– Por que?
– Por causa do apartamento.
– Que apartamento?

Se a gente parar pra pensar, o Lula é muito azarado. Primeiro carnaval solteiro e vai passar na cadeia.

DIA DA MENTIRA

primeiro_de_abril

EM HOMENAGEM AO PRIMEIRO DE ABRIL, UM DIALOGO SOBRE QUANDO DOIS MENTIROSOS PROFISSIONAIS SE ENCONTRAM

– Alô!
– Alô, Martha? É o Rui, da faculdade.
– Oi Rui, quanto tempo. Sabe que esses dias lembrei de você.
– Te liguei porque sonhei com você essa noite.
– Que legal, depois me conta.
– Vamos sair hoje?
– Vamos. Você me pega em casa? Meu carro ta na oficina.
– Claro.

Quatro horas depois…

– Ta pronta? To saindo de casa.
– To, só falta colocar os brincos. (entrando no banho)

Uma hora depois…

– Olá!
– Oi. Nossa, esse vestido ficou bem em você.
– Obrigada. E você ta ótimo, emagreceu bastante da ultima vez que te vi.
– Obrigado. Você também está ótima. Cada vez mais jovem.
– Obrigada.
– Trouxe um presentinho.
– Nossa, era exatamente o que eu estava precisando.
– Em qual restaurante você quer ir?
– Você que sabe. Por mim tanto faz.
– Legal, vamos num japonês?
– Ótimo! (preferia o mexicano)

Meia hora depois…

– E aí, me fala mais de você.
– Me divorciei ha três meses.
– Caramba.
– Você não sabia?
– Juro que não estava sabendo.
– Mas eu postei no facebook.
– Eu não entro muito.
– Eu também não. Não tenho tempo pra essas coisas.
– Mas você está legal?
– Estou ótima. Meu ex marido já esta com outra e eu estou super feliz por ele.
– Que ótimo.
– Pra mim, a amizade é o que importa.
– Também acho.
– E você, como é que tá no trabalho?
– Eu saí do meu emprego, quero focar mais em mim. (demitido)
– Você não gostava do seu trabalho?
– Gostava. Ganhava bem, mas dinheiro não é tudo na vida.
– E você, tem filhos?
– Tenho um bebê de oito meses. Olha a foto dele.
– Nossa, que bebê lindo. (é o demônio)
– Rui, você se casou também né?
– Casei, mas também me divorciei.
– O que houve?
– Ela achava que eu traia, mas eu nunca faria uma coisa dessas.
– Vai comer o que?
– Uma coisa bem leve. Estou de dieta.
– Eu começo a minha segunda feira.
– Você bebe?
– Só socialmente.
– Eu também. Não sou muito de beber.
– Mudando de assunto. Você viu que moça bonita na mesa do lado?
– Eu nem tinha reparado.

Uma hora e meia depois…

– Vamos pedir a conta?
– Vamos.
– Poxa, meu cartão não passou. Paga a minha parte que amanhã eu te pago.
– Ta bom.
– Vamos pra minha casa?
– Fazer o que?
– Só ver um filme.
– Ta, só um filme porque somos amigos.

Uma hora depois…

– Foi bom pra você?
– Foi ótimo. Tive quatro orgasmos. (quase um)
– Martha, você foi a melhor transa da minha vida.
– Não sei o que aconteceu, é a primeira vez que transo no primeiro encontro.
– Fica tranquila, não vou contar pra ninguém.
– Ta.

Uma horas depois…

– Vou te deixar em casa. Desculpe sair assim mas amanhã eu acordo cedo.
– Tudo bem.
– Adorei a nossa noite.
– Também adorei.
– Vamos marcar um dia desses.
– Vamos, pode deixar que eu te ligo.

Cinco minutos depois…

– Alô, Carlão?
– Fala Rui.
– Sabe a Martha da faculdade?
– Sei, o que é que tem?
– Comi.
– Sério?
– Serio! Ela e uma amiga dela.

PASTOR VALDEMIRO

valdemiro

Antes de mais nada gostaria de dizer que sou muito fã do pastor Valdemiro. É sério. Ele é muito bom. A cara de pau dele me espanta. A missa dele é tipo um programa do João Kleber. A maioria sabe que o que acontece ali é mentira mas mesmo assim assiste e acompanha pra ver o que acontece.

O pastor Valdemiro é conhecido pela sua famosa “toalhinha abençoada”. Pra quem não sabe, funciona assim:

Chega uma mulher cega. O pastor passa a toalhinha nos olhos da moça e pronto. Está curada. A mulher sai da igreja enxergando até mesmo, através das paredes.

Chega um paraplégico na igreja. O pastor passa a toalhinha e o cara sai de lá com uma inscrição na mão, direto pra correr uma maratona.

Essa semana o pastor Valdemiro Santiago levou duas facadas no pescoço durante um culto religioso. Eu só não entendi uma coisa. Por que ele foi direto para um hospital particular? Não era mais fácil passar a toalhinha? Já tava ali mesmo.

Valdemiro Santiago          /         Valdemiro Chateado

valdemiro2

O pastor Valdemiro Santiago (para os mais íntimos, Valdemiro Esfaqueado) disse que se assustou na hora do ataque. Eu até entendo. Ele está acostumado a dar as facadas nos bolsos dos fiéis e não recebe-las.

E vocês acham que acaba por aqui? Obvio que não. No dia seguinte sai a notícia : “Camisa com sangue de Pastor Valdemiro é usada para “curar” fiéis”. A noticia até poderia ser do sensacionalista (site q publica noticias falsas e bizarras) mas não é. Eles não teriam tanta imaginação pra criar uma noticia tão absurda.

Agora ele esta pedindo aos fiéis a bagatela de 8 milhões de reais para bancar um mês do seu programa de TV. E o pior é que ele, com certeza, irá arrecadar muito mais do que isso. Se ele conseguir já viu, né? Cada semana ele vai inventar uma diferente:

Semana 1: Tomar porrada com soco inglês.
Semana 2: Machadada nas costas.
Semana 3: Atropelamento.
Semana 4: Tiro na cara.

E por aí vai…

CEIA DE NATAL

receita-ceia-natal-istock-g

Deixa eu perguntar uma coisa. Já acabou a comida da ceia de Natal de vocês?Porque eu, por exemplo, estou terminando agora a de 2008. A ceia de Natal é um negócio interminável. As tias vão chegando com 8 kg de comida cada uma. Parece o exercito da salvação chegando com as coisas. Aí depois da ceia as tias vão juntando as sobras e criando pratos novos, tipo, peru com arroz, arroz com farofa, farofa com tender, chester com maionese, tender com pão, etc. As combinações são tão infinitas e até agosto vai ter gente ceando.

– Mãe to pensando em fazer meu aniversário aqui em casa.
– Legal, já aproveita esse restinho de arroz com tender.
– Mãe, mas nós estamos em Maio.

Um dia antes do Natal tive a brilhante ideia de ir ao supermercado comprar umas coisas pra ceia. O problema é que eu e cerca de 7.000 pessoas tivemos a mesma ideia. Na fila do caixa tinha uma mulher com muitos pacotes de uva passa no carrinho. Meu único pensamento foi: “Meu Deus do céu, senhor, tenha piedade dessa família”.

Três coisas que só aparecem no Natal, Papai Noel, Roberto Carlos e uva passa. Faltando um mês para o Natal os fabricantes anunciam: “Pessoal, o Natal ta chegando, estraguem as uvas comuns, coloquem nos saquinhos e vamos vender”. Que mania que as famílias tem de colocar uva passa nas coisas. A uva passa é tão ruim que quando a gente quer o arroz sem uva passa, a gente pergunta se tem arroz “normal”, como se a uva passa fosse uma coisa anormal. E é.

Tem umas comidas merdas, tipo, rabanada, que a gente odeia mas sempre acaba comendo um pedaço porque as tias sabem como pegar no seu ponto fraco, dizendo: “mas eu fiz com tanto carinho”.

Além da uva passa tem também o pavê. Mas o pavê é bom, o que estraga é a piadinha. Da a impressão que as famílias só não tiram o pavê da ceia pra não decepcionar aquele seu tio mala. Imagina:

– Mãe, por que o tio Olavo está chorando?
– Ah,filho. Esperou o ano todo pra fazer a piada do pavê e sua tia fez mousse de chocolate.

O tio também é o responsável por fazer todas as piadinha envolvendo o “peru”.

Outra tradição da ceia de Natal é a sua tia perguntar: “E os namoradinho?”. No dia em que você chegar na ceia com um(a) namorado(a) vai ser uma decepção muito grande. As vezes da vontade de dar o troco, tipo:

– E as namorada?
– E as hemorróida, tia. Ta cuidando?

Outra coisa que sempre acontece nas ceias são as comparações, por exemplo:

– Ta trabalhando, Bruno?
– Não, tia.
– Humm, seu primo Carlinhos ta ganhando super bem.

Essas também da vontade de retrucar:

– Já se formou, Pedro?
– Ainda não, tia.
– Humm, seu primo Rogério já está fazendo doutorado.
– Que bom, tia. E as drogas, ele já conseguiu parar?

E sai andando.

Em toda família tem aquela discussão de pode ou não pode comer antes da meia noite. Eu não estou nem ai. Se a comida já está pronta as sete da manhã eu já começo a comer. Sabe quando só tem uma mesa de jantar e os familiares vão se revezando na hora de comer? Então, eu geralmente sou o cara que não sai da mesa. Ceia de Natal pra mim é tipo rodizio, se eu sei que vai ter eu procuro ficar o máximo de tempo sem me alimentar pra poder comer até minha família ficar constrangida.

Sempre tem alguém que: “E ai, vai pra alguma festinha depois da ceia?”. Antigamente eu fazia isso. Hoje em dia eu só quero sentar no sofá, abrir os botões da camisa, o zíper da calça e esperar que Deus tome uma providência.

Aquela manifestação que a gente costuma fazer depois da ceia de Natal, o “FORA TENDER”.

Todo dia seguinte, pós ceia, sempre aparece alguém que é gordo(a) ha mais de 20 anos pra dizer “Nossa, eu devo ter engordado uns 5 kg nesse Natal”. A pessoa deve pensar: “ah, daqui a 364 dias tem Natal de novo, por que é que eu vou emagrecer agora?”.

A ceia de Natal é um evento que a gente se arruma todo pra ficar em casa.

Toda ceia de Natal tem criança. Só que uma criança é legal, duas até que vai, agora três ou mais crianças já vira um inferno. As crianças tem uma enorme dificuldade em se deslocar de um ponto ao outro sem correr e gritar. A criança possuída por Lúcifer não para. Corre, grita, quebra as coisas, desliga o balão de oxigênio da vó.

Falando na vó, ela é tipo a entidade máxima da ceia de Natal. Fica todo mundo preocupado com a vó. Um leva a vó no banheiro, outro corta a carninha da vó pra ela não engasgar, outro explica o assunto que está rolando, porque ela não entende nada mas se todo mundo rir, ela ri também.

A vó é sempre muito preocupada com as pessoas, principalmente com os netos.

– Já comeu, Arthur?
– Já, vó.
– Come mais um pouco.
– To cheio, vó.
– Comeu a torta de carne?
– Comi sim.
– Come o pavê então.
– Obrigado vó. To satisfeito.
– Pega um pedacinho de peru.
– Não vó, é serio, to muito cheio.
– Ta, espera ai que eu vou pegar um pratinho pra você.