DIA DA MENTIRA

primeiro_de_abril

EM HOMENAGEM AO PRIMEIRO DE ABRIL, UM DIALOGO SOBRE QUANDO DOIS MENTIROSOS PROFISSIONAIS SE ENCONTRAM

– Alô!
– Alô, Martha? É o Rui, da faculdade.
– Oi Rui, quanto tempo. Sabe que esses dias lembrei de você.
– Te liguei porque sonhei com você essa noite.
– Que legal, depois me conta.
– Vamos sair hoje?
– Vamos. Você me pega em casa? Meu carro ta na oficina.
– Claro.

Quatro horas depois…

– Ta pronta? To saindo de casa.
– To, só falta colocar os brincos. (entrando no banho)

Uma hora depois…

– Olá!
– Oi. Nossa, esse vestido ficou bem em você.
– Obrigada. E você ta ótimo, emagreceu bastante da ultima vez que te vi.
– Obrigado. Você também está ótima. Cada vez mais jovem.
– Obrigada.
– Trouxe um presentinho.
– Nossa, era exatamente o que eu estava precisando.
– Em qual restaurante você quer ir?
– Você que sabe. Por mim tanto faz.
– Legal, vamos num japonês?
– Ótimo! (preferia o mexicano)

Meia hora depois…

– E aí, me fala mais de você.
– Me divorciei ha três meses.
– Caramba.
– Você não sabia?
– Juro que não estava sabendo.
– Mas eu postei no facebook.
– Eu não entro muito.
– Eu também não. Não tenho tempo pra essas coisas.
– Mas você está legal?
– Estou ótima. Meu ex marido já esta com outra e eu estou super feliz por ele.
– Que ótimo.
– Pra mim, a amizade é o que importa.
– Também acho.
– E você, como é que tá no trabalho?
– Eu saí do meu emprego, quero focar mais em mim. (demitido)
– Você não gostava do seu trabalho?
– Gostava. Ganhava bem, mas dinheiro não é tudo na vida.
– E você, tem filhos?
– Tenho um bebê de oito meses. Olha a foto dele.
– Nossa, que bebê lindo. (é o demônio)
– Rui, você se casou também né?
– Casei, mas também me divorciei.
– O que houve?
– Ela achava que eu traia, mas eu nunca faria uma coisa dessas.
– Vai comer o que?
– Uma coisa bem leve. Estou de dieta.
– Eu começo a minha segunda feira.
– Você bebe?
– Só socialmente.
– Eu também. Não sou muito de beber.
– Mudando de assunto. Você viu que moça bonita na mesa do lado?
– Eu nem tinha reparado.

Uma hora e meia depois…

– Vamos pedir a conta?
– Vamos.
– Poxa, meu cartão não passou. Paga a minha parte que amanhã eu te pago.
– Ta bom.
– Vamos pra minha casa?
– Fazer o que?
– Só ver um filme.
– Ta, só um filme porque somos amigos.

Uma hora depois…

– Foi bom pra você?
– Foi ótimo. Tive quatro orgasmos. (quase um)
– Martha, você foi a melhor transa da minha vida.
– Não sei o que aconteceu, é a primeira vez que transo no primeiro encontro.
– Fica tranquila, não vou contar pra ninguém.
– Ta.

Uma horas depois…

– Vou te deixar em casa. Desculpe sair assim mas amanhã eu acordo cedo.
– Tudo bem.
– Adorei a nossa noite.
– Também adorei.
– Vamos marcar um dia desses.
– Vamos, pode deixar que eu te ligo.

Cinco minutos depois…

– Alô, Carlão?
– Fala Rui.
– Sabe a Martha da faculdade?
– Sei, o que é que tem?
– Comi.
– Sério?
– Serio! Ela e uma amiga dela.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s