ENTREVISTA DE EMPREGO

entrevista

Ninguém é 100% honesto na vida, ainda mais em uma entrevista de emprego, quando o assunto principal é ganhar dinheiro. A gente passa mais tempo bolando mentiras no currículo, do que adquirindo conhecimento. Além de elaborar as mentiras, a gente ainda tem todo um trabalho de decora-las, caso o entrevistador pergunte.

O pior é quando a gente decora um monte de mentiras, para na hora o entrevistador perguntar: “se você pudesse ser um animal, que animal você seria?”. Eu nunca vou entender esse tipo de pergunta. Ninguém vai ser totalmente sincero e responder “bicho preguiça” ou “lesma”.

Aquele desespero que dá quando você entra na sala de espera, tem alguns candidatos esperando e um deles é um japonês. Não tem como a gente não pensar “esse desgraçado vai pegar minha vaga”. Você ta lá com seu currículo de uma pagina (em letras grandes) enquanto o japa ta com um currículo que parece mais uma apostila de tantas paginas.

– Ta com medo da entrevista?
– Não, estou tranquilo.
– Então por que trouxe uma bíblia?
– Não é bíblia, é o meu currículo.

A melhor parte do currículo é o inglês.

Inglês básico – Significa que a pessoa sabe “Ball”, “Dog” e “Hot Dog”.

Inglês intermediário – Significa que a pessoa sabe formar frases como: “My name is Douglas” ou “My car is blue”.

Inglês avançado – Significa que ela sabe usar frases conhecidas de filmes, séries e jogos de vídeo game.

– Nível de inglês?
– Alto.
– Traduza, “porta”.
– Door.
– Ótimo. Agora forme uma frase.
– Door me neném, que a Cuca vem pegar.

E quando o entrevistador pergunta uma frase em inglês, para o candidato responder.

– Você sabe inglês?
– Sei.
– Então responda, Do you know that you know far more than you know you know?
– Pô, não sei.

O cara vai pra entrevista de emprego achando que vão perguntar pausadamente: “H-O-W-  A-R-E  Y-OOOO-U?”

E tem o francês fluente também.

– Traduza a palavra, bola.
– Bolê.
– Tartaruga.
– Tartaruguê.
– Livro.
– Livrê.

Outra coisa básica em currículo é o conhecimento em informática. Tem gente que acha que ficar o dia todo vendo pornografia na internet pode ser considerado nível alto.

– Qual o seu nível de conhecimento em informática?
– Twitter intermediário e Facebook avançado.

Na entrevista de emprego a gente também decora umas palavras difíceis pra encher linguiça, tipo: “vicissitudes”, “perdulário” ou “idiossincrasia”. A gente não sabe o significado, mas vai encaixando elas onde dá.

A gente percebe que o brasileiro é preguiçoso quando a fila da casa lotérica é maior que a fila pra preencher ficha de emprego.

– Você já fez alguma entrevista de emprego?
– Deus me livre. Vai que eu passo.

Entrevista de emprego sempre tem aquelas perguntas clichês:

“Fale sobre você”.
“Quais são seus pontos fortes?”
“Por que devemos contrata-lo?”

Ninguém vai ser honesto o suficiente pra dizer: “Brother, eu sou gente boa pra caramba, curto uma noitada com a galera, pegar umas menininhas e tomar uma cerva. Meus ponto forte é a agilidade. Consigo deixar o Facebook aberto e num click rápido, fechar a janela quando o chefe chega na sala. Acho que vocês devem me contratar por que eu to com uma pá de dívida e preciso parar de vender os móveis da casa pra sustentar meu vício em cocaína”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s