SUBWAY

subway-santaa-luzia-mg

Quem nunca comeu no Subway não sabe o que é se sentir pressionado. A gente fica naquela obrigação de pedir os ingredientes rapidamente para não atrapalhar as pessoas de trás. Parece que os atendentes do Subway tomam seis litros de energético por dia, porque as vezes eles nem esperam você terminar de pedir um ingrediente e ja perguntam o outro.

– Qual o sabor?
– Carne e quei..
– Pão?
– Aveia e m…
– Vegetais?
– Calma, me perdi aqui.
– Anda logo, olha a fila.

Parece uma competição pra ver quem monta o lanche mais rápido.

No Subway sempre tem um desgraçado que fica na fila pensando na vida e só resolve pensar no pedido quando chega a vez dele, só pra demorar mais. Ai a pessoa fica dez minutos tentando decidir se ela quer ou não, azeitonas.

No Subway a atendente embrulha seu lanche como se estivesse embrulhando um presente. Pra que embrulhar tão bem se a gente vai ter que desembrulhar um minuto depois? O lanche fica parecendo uma bomba. Da a impressão que eles fazem isso pra você ter mais trabalho, desmontando ainda mais o seu lanche.

Não tem como você comer no Subway e não parecer que brincou na lama. Você pega o lanche na mão e aquela merda vai se esfarelando em cima da bandeja, o molho vai escorrendo na sua mão e basta uma mordida para o seu rosto ficar parecido com o de um palhaço. Acho que além dos lanches, eles deveriam vender camisetas, porque provavelmente você vai sujar a sua.

– Bebida acompanha?
– Sim, uma coca cola.
– Aceita um cookie?
– Aceito.
– Camiseta?
– Não precisa.
– Tem certeza, senhor?

Cinco minutos depois você volta todo sujo, igual aquelas crianças dos comerciais de sabão em pó.

– Acho que vou querer a camiseta.

Eu queria trabalhar no Subway só pra poder perguntar para uma cliente, de forma maliciosa, quantos centímetros ela quer.

– Quantos centímetros, senhora?
– Quinze.
– Tem certeza?

E da uma piscadinha, com aquele sorrisinho irônico.

Imagina a quantidade de piadinhas sobre os centímetros, que os funcionários do Subway ja não ouviram durante o serviço, principalmente nas lojas 24 horas, onde chagam os clientes pós balada. Eles nunca estão sozinhos e também, nunca estão sóbrios.

– Quantos centímetros?
– Bom, hoje está um pouco frio, né? Doze.
– Eu não estou brincando, senhor.
– Ta bom, dez.
– Senhoooor.
– Ta, ta, são oito, mas não espalha.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s