VIDA NOTURNA

balada-capricho44492

Esta muito difícil sair de casa nos fins de semana. Você recebe seu salário, faz uma baladinha leve e quando se da conta, tem quatro reais pra passar o resto do mês. Os donos de algumas baladas perderam completamente a noção das coisas. Em alguns lugares você paga R$ 50,00 pra entrar e R$ 12,00 em uma cerveja.

– Que absurdo, 12 reais uma cerveja.
– Mas você não é obrigado a tomar cerveja.
– Verdade, melhor gastar 10 reais numa água.

Balada é um fetiche pra quem curte uma fila. Fila pra entrar, fila pra pegar bebida e fila pra pagar a conta. A vantagem do bar é que não tem fila pra pagar a conta, porém, essa é a hora que os seus amigos resolver levantar pra ir ao banheiro.

Eu gosto dos estacionamentos de balada. Você paga um absurdo para um desconhecido pegar o seu carro, dar uma volta no quarteirão e parar ele justamente onde você pensou em parar, mas não teve coragem. Na rua.

Balada lotada é aquele inferno. Você vai pedindo licença para as pessoas até chegar ao bar. Pega a sua bebida e vai pedindo intermináveis licenças pra poder voltar. Quando encontra seus amigos de novo você pede licença pra eles, porque vai ter que voltar no bar e comprar outra bebida, já que a mesma acabou durante o percurso.

Eu não sei qual a vantagem de sair de casa se assim que entram no bar, cada um pega o seu celular e dane-se o resto do mundo. Tem lugar que os seguranças não deixam entrar de boné. Deviam começar a proibir a entrada de celulares também. Sai bem mais barato ficar tomando cerveja em casa e conversando pelo whatsapp. “Ahh, mas em casa você não pega mulher”. No bar também não porque elas estão ocupadas no celular, conversando com outros homens que estão em outros bares.

Na balada você também não conversar com seus amigos porque não dá mesmo. A musica é absurdamente alta. O xaveco em uma balada sai mais ou menos assim:

– Qual o seu nome?
– Jornalismo.
– Quantos anos você tem?
– Moro com meus pais.
– E você faz o que da vida?
– Fernanda.
– Eu também faço academia.

Nesse caso acho que o whatsapp seria uma boa ideia. Aí você se sente obrigado a ir até o fumódromo pra conversar.

– Oi linda, tá a fim de ir até o fumódromo? Quero te conhecer melhor e pegar câncer.

O DJ não ta nem aí se a musica está absurdamente alta porque ele está ali tranquilo com seus fones de ouvido. Deve ser chato ser DJ. Imagina a quantidade de bêbado que vai lá te pedir pra tocar tal música. Tem também aquela velha máxima sobre músicos, que da pra se adaptar aos DJ´s:

– E aí cara, você faz o que da vida?
– Eu sou DJ.
– Legal, mas de trabalho mesmo, você faz o que?

A pior coisa de um bar é aquele maldito moleque que vende flores. Podem reparar que ele não vai a um casal de namorados. Parece que ele sabe quais são os casais que estão saindo pela primeira vez e vai lá só pra deixar os dois constrangidos. O menino das flores tem um radar, você tenta não olhar pra ele, mas ele acaba sentindo o seu medo.

Uma coisa que eu nunca vou entender na vida é os 10% do garçom. Parece uma igreja o negócio. Vai rezar na igreja? 10%. Vai encher a cara? 10%. “Ah, mas o garçom está te servindo”. Sim, mas ele já ganha pra isso. Seria a mesma coisa que eu fazer uma pergunta para a professora no meio da aula, e ela vir me cobrar depois.

E quando o bar tem musica ao vivo? Outro dia entrei num bar tarde da noite e havia um rapaz cantando e tocando violão. Tranquilo. Dez minutos depois ele parou de tocar. Tranquilo também, porque estava bem chato. Quando fui pagar a conta estava escrito R$ 15,00 de couvert. Cara, eu paguei “quinzão” pra ouvir duas músicas. Sairia mais barato baixar um CD no Itunes.

O pior é quando o músico é uma porcaria.

– Amigo, você aceita pedidos?
– Aceito.
– Legal, tão pedindo pra você parar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s