MENDIGOS

m2

Todo adulto, talvez pela falta de assunto, costuma perguntar para uma criança, “O que você quer ser quando crescer?”, geralmente as respostas são sempre as mesmas, médico, veterinário, advogado, geralmente a profissão dos pais. Teve uma época da minha infância que eu queria ser mendigo (obviamente não sabendo dos perigos), achava demais aquela galera andando sussa pela cidade, dormindo em qualquer lugar e tal. Mas eu não queria ser qualquer mendigo, eu queria ser aqueles que falam alto na rua, que ficavam gritando sozinho, dando sermões sobre política, religião e etc. Se vocês estão achando estranho uma criança querer ser mendigo, eu estudava com um menino no colégio que o sonho dele era ser ladrão. Não sei nem se ta vivo o desgraçado.

Três coisas que todo mendigo tem, um cachorro, cheiro de xixi e barba de 3 cores. Ser um mendigo não é 100% ruim, quem nunca acordou as 05h da manhã pra ir trabalhar, viu um mendigo dormindo e ficou com inveja?. A vantagem de ser mendigo é que sempre aparece alguém da prefeitura pra varrer sua “casa”. A coisa mais foda de ser mendigo com certeza é a hora de comer. Mesmo assim fico imaginando aquele mendigo religioso que recusa uma bela peça de carne na sexta feira santa. Ou aquele mendigo que segue os padrões, por exemplo:

– Olá, vim lhe trazer esse prato de comida.
– Muito obrigado, o que é?
– É feijoada, ta uma delícia.
– Ah, não vou comer não.
– Mas por quê?
– Minha senhora, todo mundo sabe que só se come feijoada de quarta e sábado, e hoje é segunda.

Eu não costumo dar dinheiro pra mendigo, prefiro dar em comida, sabe lá no que esse cara vai gastar. Tive uma experiência há um tempo atrás onde eu estava saindo do Mc Donald´s e um mendigo me abordou:

– Você teria dinheiro pra me dar? Ainda não almocei.
– Espera aí que eu vou pegar um lanche pra você.
– Você não pode me dar em dinheiro? Estou sem fome agora.
– Mas você acabou de falar que não almoçou.
– É que eu almoço mais tarde.

Não seria muito mais fácil ele chegar e dizer que precisa de dinheiro pra tomar uma pinguinha ou comprar 2 pedrinhas de crack? Teve uma vez, não me lembro em qual cidade, que um cara me pediu 2 reais pra tomar “dois dedinhos de pinga”, e eu dei, achei honesto.

Nunca dê dinheiro para um mendigo magro, tenho uma teoria que se o mendigo for magro, ha grandes chances dele usar a grana pra comprar pinga ou crack. Já quando o mendigo é gordo, ai você pode dar dinheiro tranquilamente, pois é quase garantido que ele vai realmente comprar comida.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s