MORANDO SOZINHO

DCF 1.0

Ha mais ou menos 1 mês saí da casa da minha mãe pra morar sozinho. Como qualquer coisa na vida, tem a parte boa e a parte ruim. A parte boa é você poder levar quem você quiser, fazer o barulho que quiser, andar pelado, arrotar, deixar a tampa do vaso do jeito que você quiser e se você for um pouco mais porco, da até pra fazer xixi nela, aliás dependendo do nível de “porquiçe”, você não precisa nem levantar da cama pra ir ao banheiro. Você pode tomar seu refrigerante diretamente do gargalo pra não ter que lavar o copo e não precisa ficar vigiando a geladeira pra evitar que alguém como uma coisa boa que você comprou. A parte ruim obviamente é pagar as contas sozinho, sair pra comprar as coisas, trocar o chuveiro e não ter ninguém pra comentar aquela notícia idiota que você acabou de ouvir na TV. Filme de terror ja era, não vejo mais, se eu to vendo alguma coisa no quarto e ouço um barulho na sala, eu não vou ver o que é. O incrível é que se você estiver apenas com a sua vó de 90 anos em casa, você toma coragem, mesmo a velha sendo incapaz de te defender, o importante é ter qualquer ser vivo (ou quase) em casa. O dia em que aparecer uma barata eu me mudo de apartamento.

Lavar a roupa é sossegado, joga tudo na maquina que ela faz o serviço, agora passar a roupa ja é outra história, eu nunca mais vou usar roupa passada na vida, por que não tem coisa mais chata que passar roupa. O máximo que eu faço é esticar ela na mesa e passar a mão umas duas vezes, só pra diminuir um pouco as dobras.

Varrer o piso e passar pano nas coisas eu também não ligo, pego uma sábado, coloco um sonzinho e faço tudo, ainda mais por que tenho rinite alérgica, se eu deixar mais de uma semana eu morro, vira meio que um caso de vida ou morte, nesse quesito eu não tenho muita escolha.

A pior coisa da vida não é o estupro ou o assassinato, e sim, lavar a louça (ainda mais no frio). É impressionante como qualquer coisa que você coma, acaba fazendo a maior sujeira do mundo, a sua pia ta limpinha, ai você faz um sanduiche e quando vai ver, precisa alugar uma caçamba de entulho pra por tudo que esta sujo, ja que a pia não comporta tanta coisa. Eu tenho a mania de me enganar, deixou acumular uns dois dias pra lavar tudo de uma vez, lavar todo dia não da, embora acabe dando no mesmo. As vezes eu acho que os pratos e copos se sujam sozinhos, você pede uma pizza, come ela com a mão e quando vai ver, tem prato, talher e copo sujos na pia.

Quando você mora sozinho você pega a mania de abrir a geladeira de cinco em cinco minutos na esperança, de que por um milagre, alguma coisa boa apareça. Nessas horas você começa a dar mais valor a sua mãe, eu realmente achava que as coisas eram mais fáceis. As vezes fico me perguntando, “Como minha mãe consegue fazer isso até hoje, durante anos?”. Morar sozinho também faz sua imaginação fluir, se você não tiver um miojo quando a fome aperta, pode pega um pouco de cada item e faz um belo jantar. Você vira uma espécie de Macgyver (Leia MAGAIVER) da cozinha, pega pão, batata palha e um pedaço de chocolate, e transforma em uma lasanha.

Fazer compras deixou de ser legal, antes você passava no supermercado pra comprar porcarias como, salgadinho, refrigerante e bolacha, tudo isso dentro de uma pequena cesta. Agora você tem que por no carrinho, arroz, feijão e carnes, mas a pior coisa, sem duvida, é ter que comprar produtos de limpeza, detergente, sabão em pó, papel higiênico, palha de aço e etc. Sem contar as vezes que você chega do supermercado e percebe que mesmo fazendo uma lista, esqueceu de comprar um monte de coisa importante. A economia que as mães fazem também é incrível, as vezes eu vejo um produto que é apenas vinte centavos mais caro e penso “Ah, vinte centavos não vai mudar a vida”, só que se a compra for grande, você acaba gastando uns cinquenta reais a mais. Experimenta sair com a sua mãe e comprar a mesma quantidade e tipo de produtos, ela com certeza vai gastar uns vinte reais a menos que você. Da a impressão de que quem te engana é a moça do caixa, que pensa: “Ah, esse tem cara de quem nunca fez compras, vou passar um monte de coisa a mais pra ferrar com ele”. Eu mesmo sou um que não confere a notinha quando chego em casa.

Anúncios

2 comentários sobre “MORANDO SOZINHO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s