DEMÔNIOS DA MADRUGADA

demo
Tava de bobeira em casa, curtindo aquela insônia, procurando alguma coisa legal na TV e percebi que o demônio tomou conta da programação durante a madrugada. Aliás, é um festival de demônios, um em cada canal querendo aparecer mais que o outro, enquanto os pastores fazem a mesma coisa, um querendo gritar mais alto que o outro. Pra quem curte um determinado estilo musical, basta zapear os canais e achar o som de sua preferência, tem Rock de Jesus, Samba de Jesus, Funk de Jesus e etc. Não duvidaria se um dia visse umas crentes rebolando e descendo na boquinha da garrafa, desde que seja uma garrafa de vinho, é claro.

Assim como na sala de espera de hospital, nesses programas sempre tem umas velhas querendo disputar doença, é uma querendo parecer mais prejudicada que a outra, “Eu tenho dor no ombro”, “Eu perdi uma perna”, “Eu tenho Câncer”, só faltava o pastor gritar, “Bingo, você venceu”.  Alguns comentários são sensacionais, em um dos programas tinha uma velha reclamando que a culpa da violência nas manifestações era do pobre do demônio. Fico imaginando o demônio de boa em casa, tomando um whisky, levando um puta susto e gritando, “Eu o cacete, sua véia, não fiz porra nenhuma, to de férias”. Aliás tudo pra essas velhas é culpa do demônio, a mulher sai andando na chuva, num baita frio, ai fica doente e poe a culpa no demônio. Acho que foi por isso que acordei esses dias com uma puta dor de cabeça, não foram as 8 doses de vodka, e sim, o demo.

E não são só as velhas que reclamam, no mesmo programa vi uma menina de aproximadamente uns 12 anos dizendo, “Acordei com uma dor de estomago horrível que não consegui nem levantar pra ir pra escola e agora quando cheguei na igreja a dor passou”. Juro que eu queria que o pastor dissesse, “Minha filha, isso não é o demônio, isso é falta de fibra, seu caso não foi um milagre, foi o cocô que você fez ao chegar na igreja, e pare de arrumar desculpas pra faltar na escola”.

Na Gazeta eu achei irado, todo mundo chegava com alguma dor ou doença contando seus casos para o pastor, e na parte de baixo da tela ficava um logotipo da Ultrafarma, patrocinando o programa. Essa igreja não tem credibilidade nenhuma, não tem capacidade de curar as doenças e pede ajuda da Ultrafarma. Fico imaginando na hora da missa, o Seu Sidnei vestido de pastor, fazendo aquele sinal com as mãos que ele faz nos comerciais, mandando os vendedores abaixarem o preço, mas na igreja, fazendo o sinal ao contrário, mandando você aumentar o valor do dizimo na hora de passarem com a sacolinha.

Eu não consigo entender o demônio, parem pra pensar, ele pode por exemplo, entrar no corpo do Barack Obama e ordenar que ele mande atacar o Iraque, ou pode baixar no corpo de algum homem bomba furioso, explodir qualquer merda e matar um monte de gente, mas não, ele prefere entrar no corpo da Dona Cida, 63 anos, aposentada e cheia de varizes pra lhe dar, dores no joelho. Vai entender.

Anúncios

3 comentários sobre “DEMÔNIOS DA MADRUGADA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s